segunda-feira, 18 de julho de 2016

FAÇA VOCÊ MESMO - Aprenda a fazer uma horta dentro de casa 01/04

Olá Amigos Sobreviventes

Todo sobrevivencialista devera saber cultivar algo , seja ele urbano ou mais isolado em regiões rurais e é exatamente isso que este poste vai ensinar você a fazer, algumas dicas simples que eu tenho certeza que podem ser aplicado em muita situações.



Cultivar uma horta orgânica, inde­pen­dente do tamanho e da vari­e­dade de ali­men­tos plan­ta­dos, é sem­pre bom. Bom para a saúde e o bem-estar da famí­lia, que irá inge­rir ali­men­tos mais sau­dá­veis e livres e agro­tó­xi­cos, e tam­bém para o meio ambi­ente, que dei­xará de rece­ber pro­du­tos quí­mi­cos e ter seus recur­sos natu­rais, como solo e água, explo­ra­dos de forma insus­ten­tá­vel. Fazer uma horta em casa aumenta o seu con­tato com a natu­reza e eco­no­miza nas fei­ras e super­mer­ca­dos.
É pre­ciso ficar atento e tomar alguns cui­da­dos na hora de mon­tar a sua horta. Elas podem ser fei­tas em todos os tipos de casa e apar­ta­men­tos, só pre­ci­sam ser adap­ta­das ao espaço e aos recur­sos disponíveis.

Pre­pa­ra­ti­vos



Con­fira o clima, o solo, o local de plan­tio e as espé­cies antes de come­çar sua horta/Foto: Almar­gem
Antes de ini­ciar sua horta, fique atento aos seguin­tes fatores:

Clima – ele é deter­mi­nante na adap­ta­ção de cer­tas cul­tu­ras e deve ser levado em con­si­de­ra­ção na sele­ção de vari­e­da­des. As dife­ren­ças entre esta­ções, quanto à tem­pe­ra­tura e volume de chuva devem ser veri­fi­ca­dos, ser­vindo como base para um calen­dá­rio de épo­cas de plantio.

Solo - muita aten­ção ao tipo e cui­dado do solo. O solo é con­si­de­rado um orga­nismo vivo, que inte­rage com a vege­ta­ção em todas as fases de seu ciclo de vida. Devem ser ana­li­sa­dos em seus aspec­tos físico (tex­tura e estru­tura), quí­mico (nutri­en­tes) e bio­ló­gico (orga­nis­mos vivos exis­ten­tes no solo).

Local – o lugar da ins­ta­la­ção da horta tem de ser de fácil acesso, maior inso­la­ção pos­sí­vel, água dis­po­ní­vel em quan­ti­dade e pró­xima ao local. Não devem ser usa­dos ter­re­nos enchar­ca­dos. Os can­tei­ros devem ser fei­tos na dire­ção norte-sul, ou vol­ta­dos para o norte para apro­vei­tar melhor o sol. No local da horta não é acon­se­lha­vel a entrada de gali­nhas, cachor­ros ou coelhos.


Espé­cies – esco­lha com cui­dado o tipo de vege­tal que você irá plan­tar. Cada espé­cie pre­cisa de um tipo de tra­ta­mento e pos­sui um ciclo de cres­ci­mento pró­prio. Informe-se na hora de com­prar as mudas e semen­tes e veri­fi­que se aquele tipo irá se ade­quar à sua horta.

Den­tro de casa




Den­tro de casa, pre­fira os vasos e as espé­cies meno­res, como temperos/Foto: Drang
Para mon­tar uma horta em espa­ços peque­nos, como apar­ta­men­tos, pre­fira os vasos. Eles podem ser de qual­quer tama­nho, ape­nas assegure-se de só plan­tar espé­cies que irão se adap­tar ali.

Passo a passo:

1. Esco­lha um vaso com furos;
2. Encha um terço do vaso com brita ou pó de brita, para a dre­na­gem;
3. Colo­que uma mis­tura de duas par­tes de terra, uma parte de com­posto orgâ­nico e uma parte de húmus até a borda do vaso;
4. Espa­lhe um pouco de areia;
5. Plante as mudas;

Em espa­ços médios



Use sem­pre adu­bos orgâ­ni­cos, como os compostos/Foto: ter­ra­co­ta­bol­sas
Se você dis­põe de um espaço um pouco maior, pode plan­tar as espé­cies dire­ta­mente na terra, em um can­teiro. Você pode cul­ti­var os mesmo ali­men­tos indi­ca­dos para os vasos, além de outros, que pre­ci­sam de mais espaço.

Passo a passo:

1. Revol­ver o solo com enxada ou pá, dei­xando a terra bem solta e fofa;
2. Mis­tu­rar o com­posto orgâ­nico;
3. Dei­xar o can­teiro 20 cen­tí­me­tros acima do nível do ter­reno;
4. A lar­gura do can­teiro deve ser de no máximo 1,20 m;
5. Mar­car os espa­ça­men­tos (exem­plo: os pés de alface devem ficar a dois pal­mos um do outro);
6. Posi­ci­o­nar as mudas de maneira inter­ca­lada, em forma de tri­ân­gulo, para evi­tar a ero­são;
7. Mis­tu­rar as semen­tes com areia e espa­lhar com a mão sobre o can­teiro de maneira mais uni­forme pos­sí­vel;
8. Regar pelo menos uma vez ao dia. Em regiões quen­tes, duas vezes ao dia até as mudas emer­gi­rem. Regar nas horas fres­cas, de pre­fe­rên­cia pela manhã.


Na próxima segunda feira começamos a ensinar a plantar em GRANDES ESPAÇOS fiquem aguando que será bem interessante.


Links :
Sobrevivente Urbano
Estúdio Play
 Quer comprar GAMES BARATOS
Doações para o Canal:

Banco Santander
Fernando C. Z.
Ag:.4409
C/C: 01041063-6

Nenhum comentário:

Postar um comentário