quarta-feira, 23 de março de 2016

Historia Canivetes Suiços - A mais de 130 Anos ajudando Você no Dia a dia !!!



Olá Amigos Sobreviventes

Todos os Sobrevivencialistas que se presem sabem da Historia por traz desta ferramenta maravilhosa mas pra quem não sabe aqui vai uma breve historia.



Reza a História que o canivete suíço nasceu no final do século XIX, tendo sido uma criação de um mestre cutileiro suíço, de nome Karl Elsener.
Karl Elsener tinha-se apercebido que o exército suíço comprava na Alemanha os seus canivetes, pelo que decidiu ter formação nessa área, em Tuttlingen, uma cidade situada no sul da Alemanha, tendo posteriormente fundado a sua oficina própria em 1884, na cidade suíça Ibach Schwyz, onde se dedicou ao desenvolvimento e melhoramento dos canivetes com a intenção de conquistar esse vasto mercado militar.



Seis anos depois, em 1891, conseguiu a sua primeira encomenda para o exército suíço, ficando assim esse ano definitivamente associado a um dos objectos de design industrial do século XX.
Para diferenciar os seus canivetes dos canivetes alemães, decidiu colocar o símbolo do seu País e para tentar atrair clientes das mais variadas áreas da sociedade, aperfeiçoou os seus canivetes equipando-os com as mais variadas ferramentas.



O canivete original, destinado ao exercito suíço, tinha duas versões: uma para os soldados e outra para os oficiais. A versão dos soldados tinha como extras uma chave de fendas, uma agulha e um abre latas. Já a versão dos oficiais era mais leve e tinha, para além dos extras da versão anterior, um saca-rolhas e uma segunda lâmina mais pequena.
Este produto foi registado em 1897 e tornou-se a base de todo o sucesso comercial da empresa e da sua futura e rápida internacionalização.




Mais tarde, em 1909, a sua empresa adopta a designação de “Victória”, que era o nome da mãe de Elsener e a partir do ano de 1921 essa designação é alterada para destacar a importância da utilização de um novo material, o aço inox. A designação que foi adoptada foi a de “Victorinox”, a qual se mantém até aos dias de hoje.

Desde o seu início que os canivetes Victorinox ficaram famosos pela sua multifuncionalidade conseguida pela agregação de várias ferramentas num equipamento extremamente prático e leve. Alguns dos modelos mais recentes foram equipados com ferramentas como a serra para madeira, a chave de fendas em cruz, a tesoura, o abre-garrafas, a serra para metais, a lima para unhas, o saca-rolhas, as pinças, a régua graduada, a lupa, entre outras.



Actualmente existem mais de 200 modelos diferentes que respondem a mercados com necessidades muito para além das do exército. O modelo mais conhecido é o “Swiss Champ” que tem cerca de trinta ferramentas e que pesa menos de 200 gramas.



Desde a década de 40 que a empresa Victorinox fornece vários exércitos estrangeiros, tal como o da Alemanha e o dos Estados Unidos, entre outros. Consequentemente, expandiu-se para mais de cem países, onde tem representação oficial.



Provavelmente sem nunca ter chegado a perceber durante o seu tempo de vida, Karl Elfener criou um objecto cuja importância cultural o transformou numa referência inultrapassável na história do design moderno. De tal modo que o canivete Victorinox modelo “Champ” faz parte da colecção permanente do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MOMA) e do Museu de Arte Aplicadas de Munique.



Então ja sabem, item indispensável no seu EDC, não estou dizendo que precisa ter o Original, até por que tem muita marca boa no mercado, mas sim algo similar ou paralelo com qualidade pra desenvolver a atividade desemprenhada. Agora é só escolher o Seu, Espero que tenham gostado.



Um comentário:

  1. Excelente Post, canivetes suiços são obras primas da cutelaria, todo homem preparado deve ter um, seria legal um video sobre demonstração de modelos de canivetes suiços acessiveis para todos, embora eu prefira e faça questão de ter Victorinox uma marca que adoro muito, nem todos podem pagar por um.

    ResponderExcluir